Irish Wolfhound


Origens da Raça Irish Wolfhound


O Irish Wolfhound talvez seja, das raças Irlandesas, a que aparece em um maior número de lendas e mitos, que tentam explicar seu nascimento.


No Século II Arrian cita em suas escritas Hounds que foram trazidos para Grécia durante a invasão dos Celtas que saquearam Delfos em 273 A. C.


A raça já era muito conhecida na época Romana mas a primeira prova autêntica data de 391. É uma carta onde o Consul Romano Quintus Aurelius Simmachus agradece o presente de 7 Wolfhounds recebidos de seu irmão. Mas tanto a literatura primitiva quanto antigas leis irlandesas demonstram que esses animais eram criados com grandes estima e nos primeiros séculos eram muito famosos por sua perícia e sabedoria como caçadores, por isso monarcas estrangeiros tentavam comprar Wolfhounds para presentear a realeza.


Eram utilizados não só na caçada ao lobo irlandês, mas também ao alce. Com o desaparecimento dos lobos e alces e a grande exportação, eles quase foram extintos. Em 1863, o Capitão George A. Graham do Exército Britânico, decidiu restaurar integralmente a raça e dedicou-se a um enorme trabalho de estudo dos pedigrees existentes e procurou reunir alguns espécimes remanescentes. Para fixar o tamanho, que havia se perdido, utilizou exemplares de Deerhound que era bastante semelhante ao Wolfhound. Em 1875 fundou o primeiro clube da raça e o padrão elaborado por ele foi reconhecido pelo The Kennel Club em 1897.


Personalidade da Raça Irish Wolfhound


Apesar de seu tamanho, é impressionante a disposição do Irish Wolfhound para a caça. No continente europeu é utilizado em vários tipos de caçadas, como na caça ao javali selvagem. No Quênia já chegou a ser utilizado em caçadas a leões. Nos Estados Unidos é muito usado para perseguir e matar coiotes ou mesmo lobos. Contudo, hoje em dia é pouco utilizado neste tipo de trabalho.


Além de suas habilidades como cão de caça, o Wolfhound é um cão de excelente temperamento, muito dócil com as pessoas da família. Mas não se deve esquecer o componente instintivo de um cão que foi desenvolvido para a caça ao lobo.


Como todos os galgos, tem um temperamento bastante independente. Na classificação do pesquisador Stanley Coren, em seu livro ‘A Inteligência dos Cães’, o Wolfhound ocupa a 41ª posição entre as 133 raças pesquisadas.


Em geral é bastante pacato não sendo latidor. Por sua presença imponente pode servir como cão de guarda, mas não é indicado que se faça adestramento específico para a função.


Sua pelagem áspera protege-o contra o mau tempo e requer poucos cuidados por parte dos donos, sendo necessária apenas escovação para manter seu brilho natural e evitar o acúmulo de pelos mortos.


Normalmente se dão bem com crianças a quem conquistam com sua energia inesgotável e até mesmo com outros cães, mas seu instinto de caça aguçado não o recomenda para quem possua outros animais que possam despertar seu instinto de caça. Em muitos países na Europa e Estados Unidos, organizam-se atividades específicas para que ele não perca completamente suas habilidades caçadoras.


Filhotes da Raça Irish Wolfhound


O cuidado principal com os filhotes diz respeito ao seu crescimento muito rápido. Um filhote, aos 2 meses, pode pesar 11 quilos (quando adulto chega a 60 quilos) e deve receber cuidados principalmente quanto à alimentação e evitar os exercícios muito pesados, que possam comprometer sua estrutura.


É importante que sejam socializados desde cedo e é bastante recomendável que participe desde cedo de aulas de obediência para que a convivência seja mais fácil e agradável para todos, especialmente tendo-se em conta seu tamanho quando adulto, que pode inviabilizar a convivência se não for um cão bem educado.


Fotos

 

Irish Wolfhound - Foto 1
Irish Wolfhound - Foto 2
Irish Wolfhound - Foto 3
Irish Wolfhound - Foto 4
Irish Wolfhound - Foto 5
Irish Wolfhound - Foto 6